CRUZEIRO 1 x 1 VASCO: MARCELO OLIVEIRA OPTA POR LOSANGO EM SUA ESTREIA

17/09/2012 12:10

 

O Coxa de Marcelo Oliveira, bicampeão paranaense e duas vezes vice da Copa do Brasil, jogava num legítimo 4-2-3-1. O treinador, muito inteligente taticamente, sabe bem variar de acordo com o adversário e a circunstância, entretanto o esquema da moda era comumente usado pelo Coritiba. Em contrapartida, o Vasco é um dos poucos clubes brasileiros que não joga no 4-2-3-1. Cristóvão Borges tinha como base uma versão defensiva e “moderna” do 4-3-3. Chegou a jogar no 4-1-4-1, às vezes 4-4-2, mas não me recordo do seu time no 4-2-3-1.

Abaixo o Coritiba vice da Copa do Brasil e o Vasco x Cruzeiro do primeiro turno em ilustração de André Rocha postada no Olho Tático, onde fica bem desenhado o 4-3-3 costumeiro de Cristóvão:

 

 

O Coritiba de Marcelo Oliveira que enfrentou o Palmeiras na final da Copa do Brasil: um legítimo e equilibrado 4-2-3-1

 

 

O 4-2-3-1 cruzeirense com William Magrão mais recuado pela direita na marcação de Felipe, novamente lateral no 4-3-3 vascaíno, e contragolpe armado com Montillo acionando Wellington Paulista(André Rocha).

 

 

Quando chegou ao Rio nessa semana, uma dúvida pairou no mundo tático: Marcelo vai postar o Vasco no 4-2-3-1? A maioria acreditava que sim, mesmo o sistema não sendo comum ao time da colina, muito pelas características individuais de seu elenco. Juninho Pernambucano, comandante da meiuca vascaína, não joga aberto como meia lateral e também não tem o costume de ser o quarto homem de meio. Juninho gosta de jogar como terceiro homem de meio, sendo um volante que arquiteta a passagem da bola.

Contudo, todos, inclusive eu que apostava na utilização do 4-2-3-1, nos esquecemos que Marcelo Oliveira também costuma espelhar o desenho tático para tentar surpreender o adversário. Copiar o esquema inimigo, como muito bem observado por Eduardo Papke Rocha, no grupo de discussões táticas no Facebook, propõe embates individuais. Geralmente, esses embates privilegiam a equipe mais qualificada tecnicamente.

Não sabemos se o encaixe foi pela falta de tempo e uma questão de simplificar taticamente ou se foi um início de uma convicção tática. Acredito na primeira opção e ainda acho que, aos poucos, Marcelo vai introduzir o 4-2-3-1 no Vasco. Abaixo dois desenhos ilustram o que foi relatado. O primeiro, feito por André Rocha no blog Olho Tático, demonstra Marcelo espelhando o esquema contra o próprio Vasco na final da Copa do Brasil de 2011. O objetivo, na oportunidade, era surpreender o adversário. Depois o painel tático de Cruzeiro x Vasco: duelo de losangos.

 

 

Marcelo Oliveira espelhando o losango de Ricardo Gomes na final da Copa do Brasil de 2011: escopo era surpreender

 

 

Na estreia de Marcelo Oliveira, o treinador vascaíno não escalou sua equipe, como esperado, no 4-2-3-1. Marcelo preferiu espelhar o desenho tático, lançando o Vasco, assim como o Cruzeiro, num 4-3-1-2 (4-4-2 losango).

 

 

E o resultado tático foi positivo para o Vasco de Marcelo Oliveira. A equipe cruz-maltina jogou melhor, marcou com mais eficácia e teve as melhores chances durante a partida. Se não fosse o gol contra bizarro de Renato Silva e o gol incrível perdido por Carlos Tenorio, o técnico estreante poderia ter saído vitorioso jogando fora de casa. Após desmanchar uma equipe completa, o Vasco fez excelente contratação ao chamar Marcelo para o comando. Agora é acompanhar a continuidade do trabalho. Creio que o Vasco vai voltar a crescer na competição. Abraço!

 

 

 

 

 

 

 

Victor Lamha de Oliveira 

 

 

Tópico: CRUZEIRO 1 x 1 VASCO: MARCELO OLIVEIRA OPTA POR LOSANGO EM SUA ESTREIA

Vasco 1x1 Cruzeiro

Pedro | 17/09/2012

Olá Victor,
o assistente técnico Gaúcho (no último jogo) e o próprio Cristóvão (uma vez) já haviam utilizado o 4-4-2 com losango no meio. O Marcelo Oliveira só deu continuidade ao que foi feito contra o Palmeiras.

Penso que alterar o esquema para o 4-2-3-1 seria equivocado, já que o Vasco não tem as peças necessárias para isso.

A imagem abaixo comprova o espelhamento no meio-campo.
http://imageshack.us/photo/my-images/3/86332724.png/

Abs,
Pedro

A Cruz de Malta - acruzdemalta.com.br

Re:Vasco 1x1 Cruzeiro

Victor Lamha de Oliveira | 23/09/2012

Grande Pedro, prazer recebê-lo! Realmente será difícil implantar o 4-2-3-1 no Vasco. Como citado, as características dos atletas de meio não coadunam com os preceitos do esquema. Obrigado pelo link, vou visitá-lo! Marcelo deu continuidade nesse jogo, mas com certeza não vamos demorar a ver sua cara nesse time. Resta saber como vai se portar taticamente! Abraço!

Novo comentário